domingo, 4 de janeiro de 2009

OS DESAFIOS DE 2009

política à moda de albufeira (35) disse...

Entrámos em 2009 e nos próximos meses vamos assistir ao aquecimento dos motores das ideias e dos interesses, que devem nortear as diversas candidaturas à Câmara Municipal.
O quadro em que estas eleições se vão desenrolar, por força da realidade e contráriamente às anteriores, será de grande discussão política à volta do balanço dos modelos seguidos até aqui, com o betão, o arraial e o atraso infra-estrutural como suportes e o que pretendemos estratégicamente para o futuro, se nos vamos limitar ao modelo sol e praia ou, se vamos querer um Concelho turístico moderno, vivo ao longo do ano, requalificado, com qualidade de vida e cultural e históricamente afirmado.
Albufeira tem um desafio pela frente e uma batalha para travar, que não pode ser adiada e, escolher entre a continuidade da perda de vitalidade e abandono e destruição dos seus valores histórico-patrimoniais ou aceitar questionar e repensar tudo, apoiado na ampla participação da sociedade civil que tem sido desprezada sob a capa de que a maioria absoluta dá o direito de pensarem e decidirem por nós.
Todos os cidadãos são importantes, nenhum poderá ficar fora destes desafios sob pena de não interpretarmos os sinais de mudança da sociedade e de vermos o nosso Concelho entrar num caminho suicida a prazo e de continuarmos a dar cobertura ao enriquecimento abusivo de meia dúzia de massificadores em detrimento dos interesses da esmagadora maioria dos seus habitantes.
Temos uma luta para travar? Vamos travá-la!

6 comentários:

Anónimo disse...

Estou de acordo que temos de mexer-nos e fazermos todos alguma coisa pela nossa terra.
Há alternativas a estas desgraças.
Temos todos de dar um pouco de nós das ideias e do trabalho para mudar.

anónimo de cá disse...

Que o concelho não está no melhor caminho vai sendo uma realidade que cada vez mais pessoas vão percebendo e falando em vontade de mudar de gente à frente da Câmara. Vejam que no jornal de hoje vem mais propaganda que agora é vai ser e vão fazer o pavilhão e dois parques de estacionamento. A Cãmara já está em campanha e usa os dinheiros dos contribuintes para se promoverem como se aquilo que agora anunciam não fosse obrigação deles fazerem e não vem tudo atrasado. Vamos ter de viver com a mesma conversa deles mas já não nos enganam tanto.

Anónimo disse...

O que é mais triste nisto tudo é que os parques de estacionamento, as coisas que o Zé Povinho reclama todos os dias e ninguém o ouve, e tudo o mais que por ai vem, só vir porque há eleições, é sempre a mesma coisa até enjoa.

manel do restaurante

Anónimo disse...

O Correi da Manhã não é o jornal das desgraças ? então é lá que a camara vai anunciar as nossas desgraças pra dizer que é desta que vai fazer os tais estcionamentos que a gente já ouve prometer á pra aí onze anos.

brejos

Anónimo disse...

A parte da sociedade civil não ser ouvida dá pano para mangas que é coisa que os autarcas de albufeira nunca respeitaram, nunca falaram com alguem , saber o que outros pensam e as opiniões e as vontades sobre tanta coisa que se vai passando.
Estou-me a lembrar dos canos do Polis com as vezes sem conta que a população avisou e ouviram alguem?
Eles não gostam de ouvir a não ser meia dúzia de amigos que são sempre os mesmos e nem assim deixam de bater com os burros na parede

Anónimo disse...

Sr. Anonimo, então o sr. está a duvidar dos srs. engenheiros do polis? eles estudaram tanto para ser engenheiros e uns badamecos quaisqueres é que vão para lá dizer que os canos são pequenos?
Má que gête dab