sábado, 31 de janeiro de 2009

O FORUM ALBUFEIRA JÁ REIVINDICOU MAIS INVESTIMENTOS NA PROMOÇÃO TURÍSTICA DO ALGARVE, COMO FACTOR DE COMBATE À CRISE

Allgarve só tem três milhões de euros para atrair turistas no Verão

31.01.2009, Idálio Revez


Espanha investe 1900 milhões para "manter competitividade" no turismo, mas o Algarve, acusam os hoteleiros, "só vai fazer umas festas"


Comentário FORUM ALBUFEIRA


"Como diz o presidente da AHETA e bem, o Programa Allgarve, é um programa de animação dos que cá estão e não um Programa de Cativação de mais turistas."


Em pleno período sazonal ou época de Inverno e porque a bolha do sistema financeiro só rebentou em Setembro, os reflexos na actividade turística só se irão manifestar de uma forma mais evidente, de Abril para a frente.

Na Páscoa, que normalmente é considerado um período indicador, poderemos formar opiniões e fazer projecções do que teremos de enfrentar daí para a frente.

Perante os factos evidentes de crise, que podem lançar toda uma Região dependente da monocultura do turismo e sem alternativas, numa situação de traços dramáticos, o Governo Central, olha para a situação com brandura e não adopta quaisquer medidas de prontidão para manter o destino presente nos principais mercados.

A incomensurável diferença de investimentos em publicidade entre Portugal e Espanha, Países concorrentes, mostra bem o nível de compreensão e de necessidade de acção pronta. É preciso agir para se evitarem males maiores e descontrolados. Os nossos vizinhos levam vantagem, mesmo enfrentando níveis de desemprego e uma recessão económica superiores.

O Algarve sempre foi maltratado pelos Governos da República e receamos que voltamos a estar sózinhos para enfrentarmos os graves problemas que aí vêm.

Senhores deputados da Região, Governo Civil, forças partidárias, Executivos camarários e Associações, temos de colocar este tema em primeiro plano.

4 comentários:

antónio maria disse...

O predidente e companhia estão na Austria a fazerem comivcios para trazerem aqui muita gente. Pro ano vão ver os milhares de austriacos que vên ver o reino de sua majestade. Até o consul e chanceler foram à conta da camara.
Foram a Linz para mostrarem albufeira e devem ter levado as fotografias do elevador na praia que é novidade em todo o mundo mas não vão dizer que as praias estão contaminadas.
No fim deste passeio que só ele custa para 4 dias 133oo euros, para irem fazer uma feira, que tambem deve ter custado uma pipa de massa, daqui pra frente vamos ter austriacos que têm mais nível de cultura, a virem cá espreitar e a fugirem o mais depressa.
Já andamos há dois ou tr~es anos a fazer feiras na Galiza e o ano que passou quase não vimos espanhois. Pois se calhar só veem comprar casa no Eden que o presidente ajudou a vender.
Albufeira não está bem e o Algarve tambem não, porque não se fazem todas as apostas em agradar os turistas e eles deviam ser a nossa melhor publicidade.

André Figueiredo disse...

O ALGARVE SEMPRE FOI VISTO PELOS Srs dos BMWs e outros bólides de alta cilindrada como o lugar português onde vinham recarregar baterias, comer a sardinhada, usufruir da ingenuidade algarvia e onde os empregados dos restaurantes eram chamados de Mosse Debes e os donos de restaurantes chamados de milionários extorquidores das suas carteiras.

Para que era preciso promover a região se assim, com menos turistas, havia mais espaço na praia para eles e os seus fihos e mais o cão de estimação se espalharem pela praia? Uma região que sempre lhes deu milhões de impostos e à qual se deu sempre o mínimo de volta - uma região em que o comboio e as linhas entre cidades e vilas ainda são do tempo da outra senhora - até ferrugem e parafusos soltos têm os carris.

Esqueceram-se que o esquecimento dessa galinha de ovos de ouro de outrora é parte da riqueza do país e se ela morrer agonizante, o país, também já agonizante, arrastar-se-á também, em busca do turismo perdido, em busca daquilo que jamais reeencontrará.

Pensem com sensatez, Srs Dirigentes dos destinos da Região e do país. Cada Região é um pilar do país a ruir lentamente!!!

Talvez valha a pena olhar o exemplo espanhol e investir na promoção turística dos destinos turísticos portugueses. Sim, fazer como os espanhóis que tanto têm penado com os erros de massificação urbana à beira mar.
O orgulho e a presunção não são boa prática quando estamos depenados que nem uma galinha geneticamente modificada.

anónimo de cá disse...

Esta crise e os efeitos devastadores que podem cair sobre nós, tambem podem trazer uma nova maneira de ver as coisas e mais coragem para corrermos com todos aqueles que se t~em servido dos cargos públicos para se servirem e servir os amigos.
O Algarve tem de levar uma volta não tenham dúvidas.

Mosse Debe disse...

Mosse Debe, se for como a ilha do Sal Cabo verde que só vem o presidente de lá fazer turismo, tamos tramados que só sai dinheiro e não entra nada. E já ouvi más linguas dizerem que depois da saída da camara vamos ter outro consul. Eles dizem cada uma.