quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

O QUE SE PODE FAZER COM 10 MILHÕES DE EUROS

EM FARO, FIZERAM-SE 144 APARTAMENTOS…


A Câmara mais rica do País, dirigida pelo Executivo de maioria PSD, em sete anos de exercício não produziu uma única habitação social.

Será porque não há carências no Concelho? De todo que não! Apenas por incumprimento de promessas!

Não há atenção para com as necessidades dos mais desprotegidos, mas houve rapidez a aprovar 10 milhões de euros para a Empresa Irmãos Cavacos SA, como reforço de verba pelos serviços prestados, aos quais a população atribui nota negativa, intenção que foi travada pelas denúncias públicas e depois confirmada pela Assembleia Municipal.

A vigilância popular à actividade do Executivo, levou o erário público a poupar 10 milhões de euros, exactamente a importância que a Câmara Municipal de Faro gastou para fazer 144 apartamentos (44 T2 e 100 T3), a preços controlados, alguns adaptados para deficientes, mais um parque infantil, 188 lugares de estacionamentos e um pavilhão polidesportivo.

Com 10 milhões de euros podem-se fazer maravilhas, desde que haja vontade e a Câmara de Faro, mesmo altamente endividada, não deixou de cumprir a sua obrigação.

Em Albufeira, o dinheiro das obrigações para com o eleitorado era para esbanjar.

O Partido Socialista, com os seus dois vereadores e membros da Assembleia, continuam sem se fazerem ouvir sobre esta questão em concreto e muitas outras da vida do Concelho, limitando-se a grandes descargas de consciência nas actas camarárias.

Tirem as vossas conclusões.

FORUM ALBUFEIRA

5 comentários:

Carlos disse...

A única conclusão que se pode tirar deste site é a necessidade de poder (a fazer campanha deste modo também não vão a lado nenhum), tudo está mal... nada serve... devem de andar com os olhos cheios de areia... Aproveitem as marés bravas e façam uma limpeza aos olhos...

Libertino Metralha disse...

Procurem nas Actas de Reuniões de Dezembro da Camara que está lá o Anastácio a dizer que em 7 anos nem uma habitação social foi feita. O pior é que com ele, nada, mas mesmo nada seria feito, nem mesmo em sorriso da parte dele - desde que não seja em periodo de eleições, onde passa a Mister Simpatia.

firmino disse...

Eu pelo meu lado às vezes tenho umas ramelas grandes, mas areia nos olhos não. É que olho à minha volta e não vejo habitação social nenhuma e o que sei é que muitos casos de 11 e 12 pessoas a viverem num apartamento e 2 familias, pais e filhos casados e muitas vezes com crianças pequenas, tambem a viverem num apartamento. E isto está mal sr. Carlos ou você não quer ver e isso já é outro problema.

Mosse Debe disse...

Mosse Debe, este carlos é um maroto, eu tou de olho nele que vem aqui dizer que os outros só falam mal mas o porqê é que a gente não percebe e tudo por causa de casas para pobres que não existem mas lá que prometeram não há duvidas.

ana almeida disse...

A intervenção social é sem margem para dúvidas seguida com atenção pela população, que não perdoa a quem promete e não cumpre.
Este post fala de habitação social e todos estamos de acordo que a Câmara está a falhar com as suas promessas eleitorais, vai terminar mais um mandato e vai ficar pelo lançamento de primeiras pedras.
Pelas noticias que lemos na imprensa alimentada pela Câmara, vamos ter nove meses de anuncios de obras, algumas para inaugurar em cima das eleições depois de tr~es anos a gastarem muitos milhões como já foi aqui denunciado e nem a população se dá conta.
Em três anos passaram 22o milhões de euros pelas mãos da Câmara e só agora é que fazem teatro?
Com tanto dinheiro que dispuseram ninguem aceita que não se tenham feito casas para quem precisa e devem ser muitos neste Concelho de falsa qualidade de vida.