quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

BOAS NOTICIAS PARA O TURISMO A MÉDIO PRAZO!

Um "novo" aeroporto de Faro


Aeroporto de Faro - fotografia de Luís Rosa

Mário Lino apresentou obras de ampliação do aeroporto de Faro
O aeroporto de Faro vai ser ampliado e remodelado, numa obra que vai custar 130 milhões de euros.

O projecto foi esta manhã apresentado pelo ministro das Obras Públicas.


Video aqui :http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=388503&tema=29

"...O contrato da primeira empreitada daquele projecto, que consiste na ampliação e remodelação das áreas operacionais e se iniciará no próximo mês com conclusão prevista até 2013, foi também assinado hoje.
Na primeira fase está previsto um aumento da segurança operacional com a implementação do sistema ILS (Instrument Landing System) em mais uma pista, dotando-a de condições mais seguras para aterragem de aeronaves.
A faixa de segurança da pista será ainda alargada para Sul, estando ainda previstas a criação de cerca de dez novas posições de estacionamento para aviões para permitir um aumento do movimento das aeronaves.
Numa segunda fase, que se estenderá entre 2011 e 2013 será dada prioridade à remodelação do terminal de passageiros - com novas áreas públicas e comerciais -, e acessibilidades terrestres.
A estrutura, inaugurada em 1965, tem capacidade para cerca de 6 milhões de passageiros por ano e recebe anualmente 5 milhões, sendo um dos objectivos das obras elevar esse número para 8 milhões.
A remodelação do aeroporto inclui ainda a construção de um hotel na zona circundante à estrutura, cujo objectivo é aumentar a capacidade do aeroporto para atrair novas companhias e rotas..."

7 comentários:

luis alexandre disse...

Claro que faz falta um bom aeroporto e é preciso ir sempre melhorando as condições de chegada e de partida dos milhões de pessoas que nos visitam. A primeira impressão é muito importante e as comodidades aos visitantes são uma parte da visita.
Uma medida de aplaudir, que terá os seus efeitos imediatos e no médio prazo, dinamizando o interesse pelo destino por parte das companhias aéreas, junto das quais é preciso um trabalho de negociação permanente.
Esta decisão, por si só, não se revelará eficaz, se não for acompanhada do aumento do esforço do Estado e da Entidade Regional de Turismo, no campo da divulgaçação do destino e na captação de novos e melhores mercados.
O modelo de Feiras de Turismo está a ficar cansado e à falta de outras estruturas teremos de continuar a estar lá. Mas deviam-se criar outras alternativas, publicitárias, usando a força do futebol e dos nossos representantes no estrangeiro, entre outras saídas, como concursos de ideias nas universidades, fazendo contactos directos com estruturas de agregação de pessoas (sindicatos, associações, clubes de futebol, escolas, etc.)de modo a fazermos chegar o nome Algarve e o que vale como região turistica de excelência.
Voltando ao aeroporto, que ainda não está afogado nas suas vias de acesso mas carece de criação de transportes alternativos aos tradicionais, porque para o crescente mercado de viagens "à la carte" é um absurdo não haver transportes públicos directos a outros destinos sem ter que passar por Faro.
Faro fica na Europa e pelo facto de ser um aeroporto essencialmente de turismo, não invalida que não tenha de se modelar pelos aeroportos mais modernos e avançados, que se preocupam em fazer chegar o maior número de transportes aos seus perímetros.

11:56 AM, Fevereiro 19, 2009

luis alexandre disse...

O aeroporto de Faro tinha necessidade destes melhoramentos, para não perdermos competitividade para o aeroporto de Beja, que tem no seu horizonte receber as low-cost em condições mais vantajosas.
Não é só a questão da competitividade, mas também da proximidade, da imagem e da desvalorização da Região.
As melhorias do aeroporto de Faro têm de ser directamente proporcionais às exigências das novas gerações de turistas.
Parar é morrer!

Libertino Metralha disse...

O Aeroporto de Faro tem é de ser competitivo com o recente Aeroporto Internacional de Sevilha (anteriormente só fazia partidas e chegadas internas) que desde a sua passagem a Internacional roubou muitas partidas e chegadas ao Aeroporto de Faro. As Taxas de Aeroporto na vizinha Espanha são significativamente mais baixas o que faz a malta pensar duas vezes e comparar bem os preços, pois por vezes compensa a viagem a Sevilha para se viajar para qualquer destino turistico. E em comparação com o de Lisboa então nem se fala... Para Sevilha (nós) viajamos mais ou menos os mesmos 250 km, não se paga portagens, a Auto-estrada é bem melhor e ainda atestamos o carro a um preço convidativo. Dá que pensar. Mas é de louvar esta medida do Governo, é sinal que talvez ja não olhem para o ALLgarve apenas no mês de Agosto ou para nós, o mês do Desgosto.

Anónimo disse...

Quer o Sr. Luis Alexandre quer o Libertino Metralha têm razão no que dizem. Aqui a questão é: - o que fazer para que estes nossos (des)governantes nos oiçam e comecem de uma vez por todas a agir com cabeça e a raciocinar?

Se é que alguma vez o fizeram.

É que para os senhores da administração central, o Algarve é apenas um sítio onde vêm passar uma férias, apanhar um bronze, serem fotografados. Mas para muitos outros é o seu sustento, e quando chega o Verão e graças às infra-estruturas que deveriam ser cá realizadas e fazem-se de esquecidos. E o problema é quando alguns dos tais representantes dos algarvios e depois chegam a Lisboa e ao invés de reclamarem as justas reinvidicações de quem os elegeu chegam lá e desempenham e muito bem o papel de surdos para os de cá e de mudos para os de lá.

E quem se bate como ninguém pelos algarvios, por norma ou lhe arranjam formas de serem silenciados ou então são alvos de exclusão. É assim:- deve ser sina ser algarvio ou pelo menos gostar desta região. Melhor: - é pecado.

Anónimo disse...

Querem maior aeroporto? Muito bem - acho óptimo! Com melhores condições, excelente!
Mas para quando?
E para quê?
Com o Turismo em queda vertiginosa, e 30% dos passageiros que chegam e saem, a irem para a Andaluzia???
Não será melhor primeiro arranjarem novos mercados de turistas, ou "arrumarem" a casa para receber as pessoas em condições?
Reparem na hotelaria, os preços praticados...
Nos restaurantes, o serviço que é oferecido sem profissionalismo...
Faltam milhões sim, mas para a requalificação do Turismo e a profissionalização do sector.
Para o Aeroporto melhorar, também.
Mas não chega uma boa imagem, à chegada, com péssima (ou má) recordação à saída!

Xico do Páteo

firmino disse...

Leem-se boas ideias e só temos todos a ganhar se falarmos dos problemas.
O investimento no aeroporto já começou para aguentar as empresas da construção civil e vamos lá está a prepará-lo pro futuro. Pensem que se ali melhorarem as condições de trabalho, as companhias que sabem das coisas vão querer operar parar esta rota de destino. A nós populares e cidadãos compete-nos zelar pela defesa dos nosso património que é o que agrada aos turistas. È claro que para o sr. Desidério que éra desenhador e para os amigos do betão o que interessa é fazer casas, vendê-las e por o dinheiro no ofshore.
O trabalho civico que estamos aqui a fazer vai juntar-se ao trabalho do aeroporto.

Anónimo disse...

Sr. Xico do Páteo faço minhas as suas palavras. Tem toda a razão.

Outro grande problema que se coloca a Albufeira prende-se com a sensação de insegurança, principalmente à noite, em alguns locais de Albufeira. E creio que o pessoal da administração central deve andar a gozar aqui com o pessoal. Só pode. A população reclama, os comerciantes exigem, as associações de comerciantes demandam, o Forumalbufeira e outros blogues denunciam e chamam a atenção para o problema e a ACOSAL também, o Presidente já se deslocou e já enviou uma série de pedidos para o governo central e para a Administração Interna e continuam ou a fazer orelhas moucas ou então estão mesmo a gozar connosco. E assim não pode ser. Até queriam tirar esquadras da GNR daqui e vá lá temos que reconhecer que nesse ponto o sr. Desidério teve um comportamento impecável e não deixou que isso acontecesse. Mas darem mais policiamento para Albufeira tá quieto. Será que não compreendem que Albufeira e o Algarve de uma forma geral necessitam de mais policiamento quer pelo acelerado crescimento da população quer porque possui em termos imobiliários e turisticos desprotegidos durante a maior parte do ano das maiores riquezas do país? E que perante uma forte crise económica, que a criminalidade tem tendência a subir e que se esta não for controlada pode destruir por completo a imagem de Albufeira ou do Algarve. E depois como é que os senhores do Allgarve vem cá buscar o carcanhol e fazer as festas e o bronzeado que tanto gostam? Assim não pode ser as coisas não podem continuar assim.