quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

UMA CÂMARA INDIFERENTE À DOR DOS SEUS FUNCIONÁRIOS... IMAGINEM O CONCELHO...

Assunto: Pedido de Ajuda

Este é o grito de desespero de uma familia, entre tantas outras, com a agravante de o seu chefe de família ser um simples funcionário da Câmara de Albufeira que, pelos vistos finge desconhecer o problema e não é capaz de resolver os problemas da casa e dos seus servidores.



ESTE PEDIDO DE AJUDA ESTÁ AFIXADO EM VÁRIOS LOCAIS PÚBLICOS DA CIDADE.

JÁ LERAM SRs. PRESIDENTES DA CÂMARA E DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL?

Clique na fotografia para ampliar

4 comentários:

Anónimo disse...

Lamentável!!!!!!!

mais um indignado disse...

é pena que estas situações estejam a acontecer quando se gastam milhões e milhões em iluminações de natal, em concertos megalomanos, em despesismo VIP... É a vergonha oculta (cada vez mais a torna-se pública e conhecida) em que a nossa cidade vive.
Vergonha... Tenham vergonha srs. governantes, presidentes (de junta, de câmara, de assembleia, de associações, etc) e ajudem quem precisa.

Paula Andrade disse...

Este é só um caso, de entre um número ainda indeterminado, que veio a público nas últimas horas. Triste, por sinal. Esperemos que a iniciativa desperte as pessoas em geral e a autarquia para uma ponta de um gigante iceberg de empobrecimento generalizado. Perto de nós por toda Albufeira há famílias a passar duras dificuldades. Quem as sente de perto e vê a opulência para que são canalizados os IMIS dos contribuintes fica chocado.

É o discurso populista, das luzes e do cimento, completamente cego àquele mais pequeno que também pôs a cruzinha para eleger a administração da cidade.

Portimão e Vila Real já decidiram apoiar os desempregados, os mais velhos e reformados, as pequenas empresas, etc. Muito louvável!

E quem administra a cidade de Albufeira, que estratégias está a estudar para não deixar famílias e empresas que estruturam há décadas a vida de Albufeira, irem rapidamente pelo cano de esgoto?

A desculpa é a de que o problema é mundial? A sério? E há quanto tempo é que os albufeirenses sofrem os reveses de épocas turísticas cada vez mais pequenas, em que têm que fazer como a formiga que arrecada em horários loucos de 18h de trabalho diário para depois sobreviver até ir à COFIDIS ou à GE MOney logo em Dezembro para viver até Abril?

E o Verão seguinte é a trabalhar ainda mais para pagar os juros loucos que lhes são extorquidos pelas ditas firmas de crédito por telefone!

Será que somente cá fora se sente o desalento? Na edilidade, será que nunca nos últimos dez anos se aperceberam de que Albufeira estava a ir pelo cano de esgoto?

Seguir os exemplos de Portimão e V.R. seriam honrosas possibilidades. Os pequenos empresários que já não ganham para a luz das lojas, as famílias que vivem de um magro ordenado, com esposos desempregados, todos aguardam da sua poderosa autarquia a criação de um sistema que os apoie e tire da degradante situação em que se encontram com mais este empurrão da famosa "crise"...

Mosse Debe disse...

Mosse Debe mas vocês aainda acreditam que o gelatina está a pensar no desgraçado que come um bocado de arjamolho e nas familias.... ????? tirem o cavalo da chuva e embrulhem-se na manta cor de laranja que ele deu ao pessoal da cãmara para na esquecerem qual é a cor do voto.