domingo, 28 de dezembro de 2008

POLÍTICA SOCIAL... OU APROVEITAMENTO POLÍTICO?

política à moda de albufeira (34) disse...


Este Executivo de Albufeira, de maioria PSD, em sete anos de gestão, nunca teve uma estratégia para a acção social.

Navegou à vista, atribuiu algumas esmolas e casas a quem quis, acudiu os amigos que estão colocados nas presidências de algumas associações, distibuiu-lhes generosos subsidios institucionais, dá-lhes terrenos para sedes e projectos mas votou quase ao abandono a Santa Casa de Misericórdia e as suas valências como "As Gaivotas" ou os "Pirilampos".
Percebendo que não tinha trabalho seu na acção social, usou o projecto de outros, a "Aldeia da Solidariedade", numa tentativa de apagar o papel relevante da Santa Casa, pagou o terreno e o projecto, lançou debaixo dos holofotes a 1ª pedra, mas chegou ao fim de 2008 e só deu 100 mil euros dos 5oo mil prometidos para as obras e inscritos no Orçamento.
Quatrocentos mil euros foram desviados para outras rúbricas, mostrando a facilidade com que se quebram promessas.
A caminho de completar dois mandatos, a acção social resumiu-se a um centro de dia, dois infantários, umas carrinhas, dinheiros para empregos laranjas, o futuro "Museu do Barrocal" e, essa brilhante ideia do tempo da amizade e colaboração estreita com a vereadora Ana Vidigal, que foi a criação do "Clube Avô", que tem um dinamismo imparável e a pretexto de entreter os mais velhos, constitui uma inesgotável e barata forma de propaganda política.
A política social da Câmara Municipal resume-se a esta meia dúzia de acções dispersas, controladas e bem localizadas mas... sapatos para as Gaivotas... só vindos de fora!

4 comentários:

antónio maria disse...

O Paulo almeida da Nuclegarve sente-se enganado ? O amigo Desidério enganou-o ? Olha que chatice. Descubram lá as carecas que deve dar um belo folhetim porque quando se trata de dinheiro tudo aquece ou queima à volta.
A futura aldeia é um futuro grande tacho e vai dar muita luta a ver quem agarra os lugares de presidente e tesoureiro.
O presidente Desidério tem uma mão para o dinheiro, prometer dar e tirar é com ele.

a.m.g. disse...

Esta Câmara vai de burrada em burrada e acaba sempre em surpresas pelas piores razões. Saimos duma cena e já estamos a levar com outra.
Sapatos e trapalhadas, desculpas por brinquedos e tudo embrulhado em mantas da pouca vergonha de cor laranja.
Tudo o que faz é para salvar a pele, amua se é criticada ou faz tudo á pressa e como lhe convem, não ouve ninguém, gasta rios de dinheiro com porcarias, está sempre ao lado dos amigos da cor e com muito dinheiro de preferencia.
Acabamos o ano com tanta má noticia e temos de levar com esta gente outro ano mais.

Anónimo disse...

A Dra. Helena Serra incomóda muita gente, e pior: fala com razão.
Apesar de ser socialista reconhecida, ela atira farpas aos socialistas, laranjas, vermelhos.
Está ao nível de um Manuel Alegre ou João A. Jardim: ninguem os cala doia a quem doer, e com razão então mais força têm.

Anónimo disse...

e a igreja de albufeira e das ferreiras o que dizem tudo o que se está passando,vão-se calando porque a torneira corre para esse lado ? os miudos da Santa casa não são filhos de Deus ? não são crianças com falta de quase tudo e não é só sapatos ? digam alguma coisa pra ajudar