quinta-feira, 1 de abril de 2010

SURPREENDENTEMENTE,,,

DESIDÉRIO SILVA DECLARA QUE NÃO APOIA A CANDIDATURA DE CARLOS SILVA E SOUSA À PRESIDÊNCIA DA CÂMARA.

De forma surpreendente, dada a forma paternal como Carlos Silva e Sousa orientou os últimos oito anos da actividade camarária, foi uma surpresa para os quase 10 mil votantes do PSD nas últimas autárquicas, esta declaração.

Os sectores mais próximos, conhecendo em pormenor a cumplicidade entre ambos, vê nesta declaração um acto de desconsideração e acredita que não passa de um mal entendido e tudo se vai resolver com o diálogo.

Carlos Silva e Sousa, consciente do valor decisivo da sua participação na actividade camarária, evitando o descalabro do populismo e do estilo em cima do joelho de Desidério Silva, pondera uma decisão, mesmo à distância de 3 anos, não pondo de parte bater com a porta e mostrar publicamente que o presidente da concelhia do PSD, não foi capaz de construir uma sucessão credível.

A oposição dentro do PSD local assiste de bancada a esta luta de cumplicidades, esperando a hora de entrar em cena, porque já têm a lista pronta desde as últimas eleições.

As lutas internas estão acesas e prometem muitos episódios daqui para a frente. Aguardemos.


FORUM ALBUFEIRA

1 comentário:

O Engenheiro disse...

Sempre apostaram no Silva e Sousa como " o delfim", mas doravante irão perceber que "o delfim" é outro mesmo. O Eng. Quintino, esse sim, é que está a ser preparado para fazer a sucessão directa, seguindo a mesma linha de Dedisério Silva.