quinta-feira, 2 de abril de 2009

QUANTO VALE UM IKEA?


foto adf

A vinda do IKEA para o Algarve, é um erro estratégico com impactos negativos nos tecidos social e económico, que se estenderão por alguns anos e no futuro não representam nenhuma mais valia de crescimento da Região, antes pelo contrário.

Este gigante, ao contrário do que muitos pensarão, vem para explorar um mercado apetitoso e quererá fazê-lo nas suas condições, fazendo exigências em termos de contra partidas do Estado e da Autarquia. Por vezes recorrem à estratégia concertada de algum avanço financeiro, ficando com as mãos livres para as acções e preços comerciais.

Os argumentos base dos seus apoiantes são sempre os mesmos, a criação de empregos, aproveitando a fragilidade da sociedade nesta matéria. Os 3.000 empregos, mais gente que algumas vilas, não são reais e funcionam como anestesia.

Os colossos da distribuição, oferecem precariedade de emprego, com salários baixos e muitas exigências. Tendo sede noutras paragens, pagam poucos impostos locais. Não exportam, pelo contrário importam, agravando a castigada balança comercial portuguesa e os seus lucros não são reinvestidos na Região. O que fica em salários e impostos são trocados e o impacto positivo em termos de incorporação de produção nacional, é reduzido.

Se estes aglomerados, obedecendo a critérios rigorosos, fazem sentido nas grandes metrópoles, representam um grande desarranjo na Região algarvia e Baixo Allllenlentejo.

Os impactos negativos vão muito para além do encerramento do comércio do sector. As perdas em termos de cidades, vilas e aldeias, são bem mais graves e têm consequências mais devastadoras. Provocando a desertificação, a falta de circulação de pessoas, a mudança de hábitos e a quebra da circulação de dinheiro, muitos outros negócios de sustentação de famílias e emprego local desaparecem. O desemprego instala-se , as pessoas são obrigadas a aumentarem os custos do funcionamento familiar, procurando emprego fora, com repercussões no orçamento e na homogeneidade familiar e educativa.

Passando a trabalhar, a comprar e a fazer amigos noutros círculos, tudo vai mudando na estrutura funcional das localidades. Perdem o convívio, a discussão, a cultura, a renovação e a fiscalização, suportes ancestrais do desenvolvimento. Minguam os locais e altera-se a sua História, a correlação de forças fragiliza a segurança, o ensino e a saúde, aparecendo os argumentos dos custos dos serviços para justificar os encerramentos.

Com a falta de oportunidades locais, muitos partem para outras paragens, indo alimentar a concentração e a especulação imobiliária. Quando se fala da perda de 4 empregos por cada um criado nos grandes espaços comerciais, não se contabilizam todos os outros danos, muitos deles irreversíveis na estabilidade emocional, na poupança e na qualidade de vida.

As leituras economicistas que os políticos fazem para estes casos, assemelham-se aos estragos provocados pelos PIN, que de uma forma pouco clara e justa, contornam os PROTAL e PDM, os mesmos que são agitados para impedirem filhos e netos, de construírem nos terrenos de família ou mesmo, a instalação de empresas que empregam e puxam pela economia local.

Quem defende estes espaços, sobrepondo o aspecto emprego e não suscitando a discussão aberta, são os mesmos que falam de combate à desertificação e das diferentes visões alaranjadas e rosadas, das polis humanistas.

Luis Alexandre

14 comentários:

Anónimo disse...

Ai este fulano, que não tem emenda nem vergonha, Ate mete nojo.... Vai-te matar bem longe daqui, ó pseudo-intelectual.. Que sabe esta anedota de gente, sobre esta matéria???. . O senhor ja ouviu dizer ou ja leu que os Presidentes de Câmara de Loulé e de Faro, estão a medir forças reevindicando a instalação dessa grande superfície nos seus respectivos Municípios???? Porque será??? Porque não presta ou porque vem trazer ao concelho riqueza em várias matérias, designadamente em postos de trabalho??? Hem.... Então estão fartos de comentar que o desemprego está em crescendo, e ainda tem LATA, para vir desdenhar do que provavelmente será gerado com esta estrutura?!!
OH homem voce não se enxerga.. De facto têm escrito por aqui que voce, apenas pensa numa coisa, vir a ter poder, para poder ser algém com alguma importância coisa que agora não tem... Enfim Dos tais comerciantes que representa, não está a zelar, pois que se saiba, nunca escreve sobre isso... Para além disso voce deveria ter vergonha (Palavra que o seu vocabulário desconhece) e vir para aqui pregar, ou está esquecido que não é por ser um cidadão cumpridor que tem sido frequentemente visitado pelos Fulanos dos Tribunais!!!!. Aprenda homem e deixe vir a estrutura que é bem capaz de permitir aos cidadãos menos afortunados, poderem comprar aquilo de que necessitam , e que afinal é vendido aqui por meia duzia de empresários locais, também reis e senhores do espaço, com os bolsos a abarrotar ´a custa desse monopólio...

Um Padernense indignado

antonio disse...

se na loja do sr. luis e em grande parte das outras lojas praticassem preços convidativos e não exagerados talvez os comerciantes não se queixavam tanto. Assim so enganam os turistas uma vez (não queriam ganhar tudo de uma so vez) para refletir.E venham essas grandes superficies

Anónimo disse...

O Padernense indignado e o antonio estão é com dôr do cotovelo.
Falam , falam...
Mas não dizem nada.
Devem ser funcionários Públicos à moda antiga.
Estão-se nas "tintas" para os outros, porque ao fim do mês o deles está garantido

Paulo Champalimaud

Anónimo disse...

o srº Paulo Xampalimão , eu sei aonde precisam de pessoal para trabalhar e que o ordenado é de 453€ por mês mais segurança social mais percentagem de vendas e não conseguem nimguem porque acham pouco vá mas é dar bamho ao cão porque você deve ser funcionário publico dos modernos e no dia 25 tá na cx agricola o taco

Medronheiro disse...

Uma discusão productiva e mais moderada seria naturalmente bem vinda,
porque ignorância e falta de cidadania está a sociedade farta.

Anónimo disse...

toda a gente que reclama, é funcionario publico.... lol
ò mãe... aquele moce baté-me

Anónimo disse...

ESTE BLOG É UMA M....
O SEU AUTOR LUIS DA ACOSAL UM CRÁPULA!
SEM CULTURA, OU QUALIDADE DE LEITURA NEM NÍVEL DE INTERVENÇÂO NA SOCIEDADE. METE TUDO NO MESMO SACO.
O HOMEM É UM MEGALÓMANO COMPULSIVO!
UMA VERGONHA DE TRAULITEIRISMO PEÇONHENTO À LAIA DO PREC!
NEM SEI COMO HÁ PESSOAS COM NOME ESCREVENDO TEXTOS E QUE PERMITEM SER USADAS NESTE ESPAÇO.
E OUTROS QUE PERDEM TEMPO A LER BACORADAS!!
ÉSTE É UM BLOG SEM ROSTO, SEM CRÉDITO!
O ADMINISTRADOR É UM COBARDE QUE NEM SEQUER TEM PERFIL!
SÓ FALA NA ACOSAL QUE NÃO TEM QUALQUER VALOR CÍVICO.
ESCREVE SOBRE TUDO SEMPRE COM A MESMA ARGUMENTAÇÃO.
NINGUÉM E NADA PRESTA PARA ELE, NEM PS, NEM PSD, NEM PP, NEM CDU...!
SERÀ QUE O HOMEM NÃO SE ENCHERGA?
COM AQUELA CARA DE EXTRATERRESTRE METE MEDO AO SUSTO.
UM COBARDOLAS À PROCURA DE PROTAGONISMO BARATO À CUSTA DOS BLOGS E JORNAIS PARA ONDE ESCREVE DE BORLA SEM NINGUÉM LHE PEDIR.
MAS A SEU TEMPO O ALDRABÃO ALEXANDRE SERÁ DESMASCARADO...
É SÓ ESPERAR!

UM ALFUFEIRENSE ACORDADO

Anónimo disse...

Estás acordado e deves estar com a barriguinha CHEIA.


Champalimaud

Anónimo disse...

mas como é que este gajo vai chegar ao puleiro a disparar em todas as direções!! tenho pena por ele que até parece alguem pela maneira como escreve

Anónimo disse...

Os cometadores até estão ao nível do forum, o homem farta-se de bater na mesma tecla que está tudo mal, e depois os comentadores batem na mesma tecla qe o Alexandre é assim e assado...
Mas ninguem faz um comentário positivo sobre o que se poderia fazer por melhorar Albufeira, afinal parece estar tudo de barriga cheia e está tudo bem.

Mosse Debe disse...

Mosse Debe é sempre a mesma conversa da critica barata, então o ikea vai empregar 3000 ou trezentas ??? querem enganar quem e o resto que faz mal ??? quantos vão fechar e pro desemprego para estes gajos ficarem com o mercado sozinhos ???

Anónimo disse...

Mosse Debe vai-te catar tu e o outro

Anónimo disse...

é só passaros voadores neste forum , enxerguen-se e vejam bem a merda que se escreve neste forum que devia de ser para expor os problemas de albufeira e é só para falarem mal de uns e de outros, tentem falar se possivel dos verdadeiros problemas de albufeira sem ofenderem tanto os responsáveis do forum como os governantes da camara e dediquem-se ao bem da nossa cidade

Anónimo disse...

ESTE BLOG É UMA M...

SÓ DA PENA, E VONTADE DE RIR.

NO MEIO DESTES POSTES E DE ALGUNS COMENTÁRIOS...

SÓ ME APETECE É GANIR!!!

ALBUFEIRENSE ACORDADO