domingo, 26 de abril de 2009

CRÓNICAS DE JOSÉ EDUARDO SIMÕES

SORRY GEORGE!

Numa reunião de escuteiros, ao fim do dia, o chefe Zezinho, o Filósofo interrogava os meninos sobre a sua boa acção diária.
O menino Davidezinho começou: "Eu hoje ajudei uma velhinha a atravessar a rua".
O chefe exultou, e continuou a inquirição.
Mas, logo de seguida, o menino Jorginho, que não tinha feito nada nesse dia digno de elogio, procurou uma forma de se safar: "Eu hoje ajudei o menino Davidezinho, a ajudar uma velhinha a atravessar a rua".
O chefe escuteiro, perplexo, disse: "Oh menino Jorginho, para quê dois meninos, para ajudar uma pobre velhinha a atravessar a rua?"
A que o menino Jorginho, atrapalhado, confessou:"É que o estupor da velhinha não queria atravessar a rua..."


Há um erro de julgamento recorrente, que leva os integrantes da área do PS a afirmarem que a Esquerda torce pelo seu fracasso, quando no exercício do poder.
Não torce!
Se David Martins fosse eleito e executasse uma política, ou políticas sectoriais favoráveis à população do concelho, isso seria do agrado da Esquerda.
Aliás, a Esquerda, desde 1974 que aguarda que o PS assuma o conteúdo ideológico da sua designação, e governe à esquerda, de acordo com os valores que afirma serem seus.
Porque não o faz?
Porque não quer e porque não pode.
A questão remonta ao tempo da Revolução. Perante os eventos desse período, o PS adoptou uma posição conservadora e timorata. Sejamos claros: contra-revolucionária.
Os tempos eram confusos e convulsos? Quem tem razoáveis conhecimentos de História sabe que uma Revolução, para o ser, não pode ser de outra maneira. E que vai deitando fora o que se demonstra desadequado, e guardando o que lhe é essencial, nas décadas seguintes. O PS, ao invés, apressou-se a deitar tudo fora... E a tomar como seus os valores opostos àqueles que anunciava:
-Quando reconheceu que "tinha metido o Socialismo na gaveta", ninguém ficou surpreendido, visto ser uma constatação evidente do seu procedimento.
-Quando, num congresso da Internacional Socialista, um dirigente do PS francês sintetizou a política da organização como "Nem morrer como no Chile, nem trair como em Portugal", Manuel Alegre, que chefiava a delegação partidária portuguesa saiu da sala... Deve ter percebido, com os anos, o que Chevénement queria dizer com aquilo...
-Quando se coligou com o CDS (partido-albergue dos órfãos da Ditadura), logo em 1978, percebeu-se o que motivava a sua política...
O PS começou, pois, por não querer a Revolução; depois, logicamente, por não a poder cumprir.
Retrocedendo para o "centro" (designação política e ideológica vazia, porque inexistente), o PS colocou-se como "longa manus" do poder económico e financeiro, que lhe cobra a factura de o aceitar na área de Poder. As contrapartidas são tão visíveis, que se torna absolutamente desnecessário referi-las em concreto.
O PS é refém das suas opções políticas. Por isso é que não tem autonomia para levar a cabo uma política redistributiva justa. Por isso é que não pode enfrentar os lobbies e as suas reformas se apresentam sistematicamente débeis ou, as mais das vezes, absolutamente ineficazes.
Poderá um autarca, por mais bem intencionado que seja, alterar este quadro? Não pode. Ele foi escolhido pelo partido e, para o ser, teve de demonstrar ser absolutamente fiel aos princípios estratégicos da sua política geral. Ele sabe ao que vem. Ele representa "os interesses" partidários na política local. Não pode ser de outra maneira!
Para além da cosmética política, David Martins vai ser igual aos seus predecessores. Não é preciso ser adivinho. Basta conhecer o quadro geral em que estas coisas se processam. Os interesses do poder económico continuarão a comprimir a política do PS numa cidade em que esses interesses são por demais evidentes e avultados.
O PS escolheu o lado em que preferiu estar. David Martins também. O resto é ilusão para quem gosta de se iludir.

O "clube de fãs" do senhor Jorge Guerreiro visa captar à esquerda o que o PS, pelos motivos acima referidos, não consegue, nem conseguirá alcançar. Porque nem um bando inteiro de "escuteiros" vai obrigar a "velhinha" Esquerda a atravessar a rua... Em razão de valores e de princípios de que não só não nos envergonhamos, como, pelo contrário, de que muitos nos honramos: os valores da libertação, da igualitarização e da solidariedade humanas pelo Socialismo.
Sorry, George!


José Eduardo Simões

12 comentários:

Anónimo disse...

Senhor José Eduardo Simões:

O senhor presidente da Cãmara de Albufeira agradece os seus escritos.

Quase apetecia perguntar se é masoquista. Mas não faço. Conhece aquela história dos burros, que cada um puxa para o monte de feno, e ficam sem comer nada?
É o que acontecerá em Albufeira.
Passam a comer só os espertos, porque os outros só conhecem a desunião.
É que, o MRPP já morreu à tanto tempo... mas parece que ainda tem fãs.
Escreva aí: Depois do actual, e pelas qualidades intelectuais e morais que tem, o David Martins vai ser o próximo presidente de Câmara em Albufeira.
Se tem candidato melhor, apresente-o. A turba, agradece. Se não tem, não imite os burros (salve-seja, claro).

Xico do Páteo

jesimões disse...

As respostas ao seu amável comentário encontram-se toda no texto do post.
Como não acredito que não saiba interpretar um texto, com toda a consideração, portanto, devolvo à procedência as alegadas asnices a que se refere.

PS-Não sou maoista, nem lá perto! Mas eu, com a outra Esquerda, discuto à luz da nossa cultura comum, e não do neoliberalismo reaccionário, como outros fazem...

Anónimo disse...

Este Xico do Páteo é uma espécie de sentinela, com diversas formas, que se bandeia pelos blogues com ar de escuteiro e não admira que seja um dos que estão no passeio à espera da velhinha.
Senhor Xico, acrecento eu, do Péteo das cantigas, você é um dos promissores "socialistas" de pacotilha, que farto da miséria da barriga, augura ver o seu sonho realizado, de ser o secretário de qualquer coisa, não importa o quê.
O Desiderio cometeu para consigo, como para a população, alguma desconsideração, mas como você é especial, acha-se desconsiderado e o David é o seu refugio, o caminho para os seus sonhos.
Sim, os seus sonhos, como os de qualquer outro adepto de um Partido que tem no nome socialista, mas não o pratica como teve a coragem de dizer que na gavete está melhor.
Você arrrasta-se senhor Xico e só existe no linguajar.
Se o David ganhar, o seu lugar de pajem está assegurado e fica-lhe a matar!

outro Xico que não puxa para o seu burro

Anónimo disse...

O artigo do José Simões está muito acima de tudo aquilo que qualquer pessoa honesta pensa e acha justo, só estes xicos espertos do pateo é que não alcançam porque os entolhos não os deixam ver nada a não ser a manjedora do patrão desidério/davidque ele pensa conter alguma ração. Está a fazer um papel daquilo que é - ignorante, mas dos burros não reza a história e o Simões só tem que os perdoar porque não sabem o que fazem, e pior o que mal escrevem.

DAVID LUIS

Anónimo disse...

Afinal parece que o revisionismo não é só comunista, mas sim também tem lacaios nos socialistas que foram colocados no estribo da carroça.
Quem não é por mim, já é pagem...
De facto este blogue está cheio de m....

antonio maria disse...

O que reparoé que quando a inteligência fala mais alto os provocadores ficam se nas covas mas voltam sempre para dizer lol ou outra coisa que lhes venha á cabça.
Para mim este xico do pateo é o espelho da cidade que deixou que lhe cagassem em cima e a destruissem. Inventaram um Anastacioe segue se um David e outros que façam falta. São os milhões para os bolsos que falam e não o que o povo precisa.

Anónimo disse...

esse xico do pateo a sargeta para ele ainda é um palacio, coitado não merece mais e o xico tem mais do que merece a sargeta domunicipio dos patroes desiderio david anastácio e mais algum entulho.
DADIAM

J.Jose disse...

Como sempre os inteligentes são todos da esquerda, aquela esquerda que em Portugal de tanta inteligencia que tem nunca se uniu à volta de ninguem para combater aquilo que os inteligentes de esquerda chamam de direita, salvo uma vez quando engoliram os sapos, cagados râns e tudo o resto quando tiveram que votar Mario Soares contra o Freitas do Amaral - 1986.
O Soares depois agradeceu e bem(!!!!!....) quando resolve aceitar o convite do Partido do Socrates(PS) a candidatar-se novamente a PR contra o Cavaco Silva e contra o Manuel Alegre, se o PS tem apostado apenas no Manuel Alegre alguem duvida que hoje era ele o PR? a Esquerda dos inteligentes em Portugal é assim...

jesimões disse...

A Esquerda dos inteligentes tem valores, não muda de opinião em função da taxa de lucro ou do negociozinho particular.

A Esquerda dos inteligentes não vai em conversas: são os ACTOS que definem as políticas, e não as boas-intenções ou a retórica.

A Esquerda dos inteligentes está a crescer (cuidado!...) porque é coerente.

A Esquerda dos inteligentes não está nada preocupada com quem vai vencer o jogo de interesses Desidério-Martins, ou seja, quais as empresas que vão ter a câmara por sua conta no próximo quadriénio...

A Esquerda inteligente sabe esperar.Porque é mesmo inteligente ou, se preferirem, informada!
E porque esta forma antidemocrática e clientelar de fazer política, um dia dá o estoiro.
Um enorme estoiro!

Anónimo disse...

Meus Amigos:

Estou grato pela esquerda inteligente que temos em Albufeira.
Continuem assim!
Contem comigo para mais 4 anos.
Sempre inteligentes!!
Porque dos burros já reza muita história.

Desidério Jorge Silva

(às vossas órdens)

jesimões disse...

Depois não venha chorar que foi enganado, oh pseudo-Desidério...
Como dizia o Scolari: E o burro sou eu?...
Pense, informe-se, OLHE À SUA VOLTA (obra PS-PSD)!Nada do que vê dependeu de uma PESSOA, dependeu de uma POLÍTICA!
Percebeu, ou tenho que lhe fazer um desenho?

Anónimo disse...

esse falso desidério é bem capaz de ser o aleluia martins que tem um jornal pago por desidério real com os dinheiros da camara municipal de albufeira, para lá escrever o que o patrão manda fazer, cortar e censurar. amem

cesar das neves