sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Quem fala assim...

"Além de grandes obras estamos ainda permanentemente a olhar para as pequenas coisas como por exemplo o lixo, os arranjos dos passeios, etc., que as pessoas nos informam ou solicitam."

palavras do Sr Presidente da Câmara Municipal de Albufeira in "a Avezinha" de 28/8/08


Comentário:
Numa cidade que se arroga de "capital do turismo nacional", o lixo, a saúde pública e os passeios desarranjados são pequenas coisas? E só são olhadas se a população lhes puxar pela manga?
Quando se pensa assim, não podemos de facto ter bons resultados.

12 comentários:

anónimo de cá disse...

Estas declarações não surpreendem. Afinal nestes muitos anos passados, as coisas foram sempre assim. As "grandes obras" aparecem agora porque para o próximo ano há eleições. Ao oitavo ano de governação aparecem os tais parques de estacionamento e o pavilhão é assim tão urgente ? O saneamento básico dos Olhos de Água e da baixa de Albufeira e doutras partes do Concelho, não são mais importantes ? Levam 3 anos a gastar dinheiro dando trabalho aos amigos e quando chegamos ao ano de eleições faqlam-se de grandes obras e deixa-se o lixo espalhado, os passeios por arranjar, as passadeiras por pintar, os drogados a fazerem de policias sinaleiros, os vendedores ilegais nas ruas de Albufeira enquanto "os bolas de berlim2 são perseguidos nas praias onde os cavalos podem correr à vontade, etc.
Albufeira está ficar doente.

Ai Mouraria disse...

Eu só agora é que tomei conhecimento do vosso blogue. Li e gostei e há muita gente que quando souber, vai aderir e dizer o que lhes vai na alma. Eu vou divulgar o mais que puder, no local de trabalho e aos amigos porque acredito que só denunciando é que a situação pode mudar.
O vosso trabalho sobre o ruído foi muito bom e até já ouvi dizer que alguns donos de bares já falaram com o presidente e este disse que como quase todos são do PS, para o ano vai fazer cumprir a lei. A gente nunca sabe tudo dos bastidores, mas que eles estão incomodados não há dúvidas.
O assunto do lixo tambem vai fazer com que alguma coisa mude porque eles sabem que as coisas não estão bem. Ninguem falava destes assuntos e agora fala-se e se as pessoas falam na Câmara ficam incomodados.
Eu vou usar um pseudónimo que um dia vai ser explicado.

anónimo de cá disse...

Hoje voltou a rebentar mais um sarilho para o nosso concelho. São demais os casos este ano. A lagoa dos Salgados voltou a rebentar o cordão de areia e contaminou as praias daquela zona. A CCRA, que tem a seu cargo o controle daquela zona húmida aonde é que anda? As suas competências não são controlar os níveis de água e de poluição? Porque é que isto acontece várias vezes em tão pouco tempo? Quais são as origens de tal poluição na lagoa?
Queremos respostas e não prejudiquem mais o concelho de Albufeira que não vos deve nada!
A Câmara Municipal não deve ficar indiferente e deve exigir que a CCRA cumpra as suas obrigações.

albertino disse...

Falei por acaso com um dos nossos visitantes que foi convidado a abandonar a praia dos salgados por causa da poluição. Que imagem é que estas pessoas levam da nossa Albufeira ? Ainda por cima falei-lhe que as praias da cidade tambem não têm bandeira azul e o homem não queria acreditar. Ele perguntou-me e tive que lhe dizer que ainda há esgotos a correr para a praia. O homem não queria acreditar e então mandei-o fazer um passeio pela areal por baixo da bateria. Os visitantes como este custa-lhes a acreditar o que ainda vivemos aqui.

l.s.s. disse...

O fenómeno natural da força das águas da lagoa dos Salgados rebentar com a barreira de areia é aceitável, mas a quantidade de água poluída ali estacionada e que escuou para o mar, é que nos surpreende. Então a CCDRA, que tem a tutela da Lagoa não tem a responsabilidade de fiscalizar permanentemente a qualidade e o volume de águas ali acumuladas? Se o fizesse esta situação teria sido evitada. Duas vezes em tão pouco tempo e durante a época balnear, vai deixar as suas marcas na opinião pública.

Luis Alexandre disse...

A principal mais valia deste concelho, são as suas praias. Publicitar a sua qualidade natural, traduzida em bandeiras azuis e em galardões de praias de ouro é uma tarefa indispensável num concelho que tem de chamar pessoas para o fazer funcionar.
Quando em plena força da época balnear, somos surpreendidos por noticias que afinal há focos de poluição, cuja existência parte da incúria das autoridades, isso é que nos deixa profundamente preocupados.
A CCDRA, como entidade responsável pela Lagoa dos Salgados, não faz o controlo desejável e necessário do seu funcionamento. Estes "descuidos", levam às situações que estamos a viver. Um turista pode compreender uma explicação mas também pode não aceitá-la.O mesmo se passando com a população do concelho, que vive da boa imagem deste.
A Lagoa dos Salgados faz parte do território do concelho, o que implica que a Autarquia também tem responsabilidades de acompanhar o que é ou não feito naquele espaço natural.
Este Verão, tem sido invulgarmente sujeito a problemas de ambiente. Começou nos Arrifes, passou pela Lagoa e pelos Olhos de Água, voltou à Lagoa, e se a estes lugares, juntarmos, a considerada "suficiente" qualidade de muitos anos, das praias da frente da cidade, temos todos boas razões para estarmos preocupados.
Porque é que se arrastam as soluções? E será que não há mais surpresas? O tempo explica tudo!

Anónimo disse...

Como visitante anual de albufeira gostaria de encontrar esta cidade mais limpa ä semelhanÇa de outras capitais do turismo. Se queremos receber bem também temos de ter boa apresentaçao e a limpeza das ruas e do lixo é uma parte importante

anónimo de cá disse...

Para desviar as atenções dos graves problemas do Concelho, nada melhor do que darmos asas aos "fait-divers" de um louco na praia e uma prepotente na Câmara (olhem que espanto). Casos destes repetem-se às dezenas.
Toda a conversa barata à volta destes assuntos não leva a lado nenhum.
No caso da praia, fala-se com as autoridades e no caso da funcionária da Câmara, embora não sendo um caso isolado, não se pode confundir com a maioria dos funcionários.
Entrámos numa espiral de propaganda politica oficial, com os nossos dinheiros públicos e isto é que importa perceber e reagir.

albertino disse...

O jornal Avezinha de hoje dá um show dessa propaganda barata. Agora vem aí o céu para Albufeira e as pessoas põem-se a discutir casos de policia e de falta de classe.

Anónimo disse...

Mesmo por trás da Pensão Capri, na Av. Liberdade, o cheiro nauseabundo e as moscas incomodam os clientes. Como as taxas são pagas em função do consumo de água e uma Pensão gasta muita, então , mesmo sem fazer muito lixo tem de pagar uma taxa elevadissima.

"zé de fora" disse...

NOTICIAS DO LIXO por "Zé de Fora"

O vereador do lixo é bombeiro, logo tem de confiar nos técnicos que por sua vez têm de obedecer às regras politicas de um contrato de "amigos" e daí o (mal) estado de Albufeira.

Perante as criticas de que os serviços de controlo não funcionam, a CMA está a pensar montar uma espécie de 112 para os avisos da população e deverá chamar-se "Telefone já, que o carro vai lá (se puder)".

Segundo o porta voz oficial, "o zé da merda", os cidadãos são uns porcos, porque fazem lixo e obrigam a Câmara a ter de pagar para o apanhar. Afinal os cidadãos não pagam também para isso?

Um dos muitos turistas, comentou que o lixo não tem nacionalidade mas como é feito cá, tem de ser levantado e não exibido durante horas.

"Albufeira a Brilhar" ou Albufeira a brilhar de vez em quando (sobretudo no inverno)?
A empresa dos Irmãos Cavacos, defende-se dizendo que o contrato foi para xis peças e não para x+y. Em que é que ficamos? Paga-se e o trabalho não é feito ou é feito só há medida do que pagam?

Como os caixotes do lixo e as ruas não são lavadas com a regularidade necessária, as moscas têm local de férias assegurado. Já as baratas nos canos, essas vieram para ficar.

Uma pergunta de algibeira:
sabe em como consiste a reciclagem em Albufeira?
1. Põe-se o lixo separado e os camiões misturam tudo;
2. ou, os camiões misturam tudo depois de termos tido o trabalho de separar o lixo?
PARABENS, todos acertaram!

(Um politico da nossa praça, diz que ninguém leva a sério o "Zé de Fora". Será por causa da verdade ou da mentira?)

ai mouraria disse...

O zé de fora não sabe que eles não ouvem ninguem mas fazemos bem em falar. No antigamente o pessoal da Câmara mesmo sem os meios que há hoje, faziam melhor trabalho. Eu não estou a dizer para voltarmos ao antigamente mas a imagem da cidade tinha a obrigação de estar melhor. E fiquei a saber que a Câmara já leva 1500 funcionários ? mesmo dando os serviços a fazer fora ?