quinta-feira, 21 de maio de 2009

A FALTA DE SEGURANÇA EM ALBUFEIRA!


Albufeira está a viver momentos muito complicados em termos de segurança, os assaltos são uma constante diária, a pequena criminalidade de rua e as "vendas ilícitas" também dispararam e parece que as autoridades não dão conta do recado.

À semelhança das grandes metrópoles urbanas, agora também temos em fase de crescimento, gangs de jovens oriundos de um bairro social.

Estes fenómenos não aparecem do nada, têm enormes razões de desintegração social e deveriam estar debaixo da alçada e controle das diferentes autoridades, sociais, políticas e policiais.

Como a natureza e gravidade destas situações merecem toda a atenção e acção, o FORUM ALBUFEIRA - Cidadãos por albufeira, que vêm acompanhando a evolução dos acontecimentos, decidiram levar o assunto ao mais alto nível, escrevendo e exigindo a intervenção ministerial na solução dos problemas que enfrentamos.

Publicamos a seguir o conteúdo da carta aberta dirigida ao Ministro da Administração Interna:


FORUM ALBUFEIRA – Cidadãos por Albufeira

Av. Da Liberdade, nº 50

8200 – 003 ALBUFEIRA

Albufeira, 20 de Maio de 2009

Exmo. Sr.

Ministro da Administração Interna

A Associação FORUM ALBUFEIRA – Cidadãos por Albufeira, vem por este meio de carta aberta, manifestar perante V. Exª. uma grande preocupação pela sucessão de acontecimentos graves que vêm ocorrendo no Concelho de Albufeira e que carecem da atenção das autoridades e em particular da do seu Ministério.

No ano passado, a ACOSAL- Associação de Comerciantes e Serviços de Albufeira, chamou a atenção para o elevado número de assaltos ocorridos em escassos 12 dias, reuniu com a Srª Governadora Civil sobre o assunto, bem como a pôs ao corrente da intensificação da actividade criminosa, à luz do dia, de venda de rua de drogas e bens de consumo.

Esta acção, resultou na decisão do aumento de efectivos do posto da GNR, mas em termos práticos os modelos de actuação pouco mudaram e não se revelam eficazes. Os factos e os números não enganam!

No Inverno passado até este momento de entrada da estação balnear, constatámos um recrudescer da actividade criminosa, com assaltos mais violentos e espectaculares, onde se incluem as Finanças, Estação de Correios e bombas de gasolina. Todas as noites há mais de uma dezena de assaltos no Concelho. Para piorar o cenário, vimos nascer uma actividade de prostituição no espaço físico do Concelho, que já motivou novos protestos públicos e protagonizaram há poucos dias, uma acção violenta de assalto em pleno acto sexual, o que significa que o problema não está resolvido.

As autoridades têm uma tendência natural para desvalorizarem os factos, ao contrário da população e turistas, que sentem uma insegurança crescente e alguma falta de confiança nas respostas.

A confirmá-lo, está a notícia do jornal “Correio da Manhã” de 20 de Maio, que noticia a já conhecida existência e impunidade do grupo de assaltantes KDP, que para além de continuarem na sua imparável actividade criminosa ainda se dão ao luxo de agredirem agentes da autoridade. Estes factos são bem conhecidos das autoridades, GNR, Câmara e Governo Civil, mas as acções para a sua travagem não se reconhecem.

Também algumas partes da zona de Montechoro, são alvo de incidentes vários e diários, caminhando a passos largos para o aparecimento de mais um getho, à semelhança do bairro social da Quinta da Palmeira, sendo que naquela zona predominam os delinquentes de origem brasileira.

Todos estes factos, que vão muito para além de uma simples preocupação, estão a ser seguidos com alguma benevolência, recusando-se as autoridades a aceitarem a ideia de que podem descambar em acções mais violentas e de fragilização da imagem de uma cidade que vive exclusivamente do Turismo.

A atitude de esperar pelas portas arrombadas não é de certeza a melhor, pelo que questionamos V. Exª. a empreender acções mais determinadas que apontem para a melhoria da situação.

A nossa capacidade de leitura da situação, diz-nos que os problemas não são só do foro da intervenção policial e da Justiça e que têm contornos bem acentuados de degradação e falta de respostas sociais, que deveriam ser dadas em primeira linha pelo Município e, em segunda linha, por outras instituições oficiais.

Acreditando na capacidade de intervenção de V. Exª, aguardamos a resposta às nossas pretensões.

FORUM ALBUFEIRA

11 comentários:

Anónimo disse...

Ainda bem que o FORUM existe porque é a unica organização da sociedade civil que se preocupa com o bem estar dos habitantes do Concelho de ALBUFEIRA. Apoiado
Rui Sá Gomes

António Maria disse...

Então e o que diz uma tal comissão de segurança do concelho que é dirigida pelo presidente da Câmara?
Nada, porque é dirigida pelo pai da maioria absoluta e fala ele não fala mais ninguem,e tudo fica na mesma como a lesma.

criativo disse...

Pois eu tenho que vos recordar que se não fosse o David Martins, nada disto estaria a acontecer.

Que grande cruz, David. Tu que és pequenino....com 1,90, já carregas - e de que maneira - com a cruz do Golias que anda por aí há 8 anos a fazer das dele: Das dele e dos outros!!!

Força, albufeirenses de gema bolorenta. Apertem o pescoço ao homem, e escolham mais do mesmo.


Ahhh... Estava a esquecer-me da CPA: Será C.....s a P......os de Albufeira?

Anónimo disse...

quando se lê no correio da manha que já se dão ao luxo de perseguir um militar da GNR para o agredir, mesmo á civil conheceram-no e quiseram dar-lhe uma tareia (mas tiveram azar) como é que querem que a população se sinta?
qualquer dia isto dá molho, se começarem a pensar em fazer como se fez aos hipies dos anos 70... os meninos das tranças e cabelo ás cores foram de gatas até ás ferreiras apanhar o comboio e eram Homens e em muito maior numero que estes rapazinhos que pensam que são donos das ruas.
(os outros tambem pensavam)
a GNR eram poucos (10 ou 12 naquele tempo) mas não foi preciso...
ZORRO

Mosse Debe disse...

osse Debe de criativo não tens nada e podes por os nomes que quiseres no CPA que eles não te ligam nenhuma nem a outros como tu. Não gastas uma letra para condenar os assaltos e o fechar dos olhos dos partidos que mandam em albufeira.

TonyCurtes disse...

Grandes cromos, temos aqui um problema grave de policia e vêm logo falar em David´s e Presidentes, vocês têm mais interesses politicos do que o problema da falta de segurança , vendas de drogas nas ruas, prostituição etc... isto são coisas que afasta o pouco turismo de qualidade que temos, a cidade evoluiu muito nestes ultimos anos e as organizações publicas não têm acompanhado este desenvolvimento.
Não sou contra emigrantes ou pessoas de fora que estejam cá a trabalhar, mas por exemplos os estrangeiros (ex:brasileiros) que não tenham trabalho acho que deviam ir para suas terras e não ficar cá a praticar actos de criminais e receber subsidios do nosso estado que nem para nos pagar uma reforma daqui a uns anos pode

Anónimo disse...

A GNR, como não pode fazer nada vai-se vingando nos condutores, os verdadeiros criminosos deste país e constantemente perseguidos pels autoridades.

Dizem as gentes dos Olhos D'Água que andam lá sempre a multar os carrinhos que não são estacionados no novo parque de estacionamento. Ainda hoje lá andavam.
É engraçado que foi feita uma reclamação pelo estacionamento abusivo em cima da ciclovia da marina, reclamação enviada ao comando geral da GNR, e nada foi feito. O comando geral diz que é uma situação pontual devido à existência de estabelecimetnos de diversão nocturna. Situação pontual de 24horas por dia/365 dias por ano. E que além disso não há pessoal disponível para andar lá sempre a multar a malta.
Mas agora nos Olhos D'Água... Já se multa... Será que é por o dono do estacionamento ser pessoa influente e de bons conhecimentos? É que o estacionamento tem que fazer dinheiro, não é?
Mas na marina continua a não se passar nada...
Cada vez tenho mais vergonha de pertencer a este país. Viva a corrupção!

E acho que devíamos ter mais GNR, há por aí muito automobilista para multar, os verdadeiros criminosos do país.
Deixem os coitadinhos dos ladrões em paz.

Alex Bibi disse...

não sou xenefobista mas gostaria que alguem me disse-se se os ciganos que estão junto ao Clube de Pesca nos terrenos da Sta. Casa estarão á espera que a Câmara faça novas casas para a Dª Helena exiga casas para eles, e os automoveis que eles tem se fosse um de nós com sucata daquelas nas estradas já estavamos presos mas como são ciganos está tudo bem

Anónimo disse...

Sem uma limpeza geral nas chefias da guarda e da Câmara não há solução para o problema que já vem de muito atrás. E não é por falta de queixas eles é que não ligam nenhuma.

Anónimo disse...

quando um Juiz manda prender quem roubou um telemovel e solta quem matou a mulher á facada o que é que querem que as força policiais façam? e já agora gostava que os srs. deste forum que leram no correio da manhã sobre o KDP dissessem mais sobre o que se lê naquele jornal sem ser sobre Albufeira.

Ana Almeida disse...

Estes espaços de critica têm a sua razão de existir e podem ter um papel de esclarecimento da população e de pressão sobre as autoridades, no sentido das soluções.

A Justiça está doente em Portugal e são os mais desfavorecidos que pagam as favas.

Se os mais desfavorecidos recorrem aos tribunais, para além de pagarem mais do que podem, sem falar dos honorários do outro mundo dos advogados e muitas vezes sem resultados, chegamos à conclusão que a Justiça não está organizada para defender quem mais precisa.

Um comentador fala da discrepância da actuação dos Juízes, que soltam o assassino e prendem o pé descalço. Tudo a coberto da Lei, na opinião do Juíz, mas contra a vontade e os interesses dos desfavorecidos.

As decisões judiciais, por mais erradas que sejam e apoiadas em Leis disparatadas na sua benevolência, não podem aliviar as responsabilidades das autoridades como a GNR, em fazerem o policiamento e detenção de todos aqueles que não as cumprem e atentam contra a segurança de bens e pessoas.

Temos assistido a demasiadas desculpas das duas partes e quem paga e sofre as consequências são os mais desfavorecidos. Sempre.

Gangs em albufeira? Olha que novidade. De cá ou de outro lugar, o dever das policias é combatê-los e desmantelá-los.

Também falaram aqui de uma comissão de segurança, e afinal o que faz, que ninguem a ouve sobre tudo o que se vem passando?

Também está manietada pela Lei? Então desfaça-se se não produz quaisquer resultados da sua existência.

Volta e meia, os jornais têm os holofotes sobre Albufeira e os problemas da segurança são o maior.

O Comandante da GNR e o Presidente da Câmara querem explicar o que se passa e porque razão o problema não pára de aumentar?